Atrasos afetam 23% dos voos do País; Webjet e Gol registram mais problemas

AVIAÇÃO

, O Estado de S.Paulo

10 de outubro de 2010 | 00h00

A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) registrou 23% de atrasos nos 1.987 voos programados em todo o País entre a meia-noite e as 22 horas de ontem.

Entre as empresas, a Gol teve o maior número de voos atrasados: 204, ou 31% das operações programadas para o dia. A companhia também teve 22 voos cancelados (3,4%). A maior proporção de atrasos, no entanto foi da Webjet: 43,2%, ou 51 dos 118 voos agendados.

O Aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital paulista, e o de Cumbica, em Guarulhos, apresentaram 20,2% e 27,3% de atrasos, respectivamente.

Houve 66 cancelamentos em todos os aeroportos brasileiros. Desses, 24 foram nos dois da Grande São Paulo (11 em Congonhas e 13 em Cumbica).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.