Ato lembra 19 anos do massacre da Detenção

Um ato lembrará hoje, às 15 horas, os 19 anos do massacre de 111 presos da Casa de Detenção de São Paulo, cometido em 1992 pela tropa de choque da PM.

O Estado de S.Paulo

02 Outubro 2011 | 03h00

Erguido no terreno da antiga Detenção, o Parque da Juventude foi escolhido para abrigar o ato organizado, entre outras entidades, pela Pastoral Carcerária, Associação Juízes para a Democracia e Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana (Condepe).

"Os culpados não foram punidos", afirma Ivan Seixas, presidente do Condepe. Só um dos réus - o coronel Ubiratan Guimarães, já morto - foi julgado. Ele foi absolvido. Outros 76 aguardam julgamento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.