Ato contra restrição a fretados fecha Marginal e duas avenidas

Medida entrou em vigor nesta segunda; protestos também ocorreram Avenida dos Bandeirantes e Ricardo Jafet

Ítalo Reis, da Central de Notícias,

27 de julho de 2009 | 19h17

Usuários de ônibus fretados iniciaram no começo da noite um protesto que já bloqueou pelo menos cinco pontos da capital paulista, incluindo a Marginal Pinheiros, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). Os manifestantes protestam contra as medidas tomadas pela Prefeitura que restringem a circulação de fretados na capital. Segundo a Polícia Militar (PM), as manifestações transcorrem sem violência.

 

Veja também:

linkPrefeitura repudia protestos de usuários de fretados

linkEntidade de fretados entra na Justiça contra restrições

linkKassab estuda 'aperfeiçoamentos' na restrição a fretados em SP

forum Enquete: você concorda com as restrições? 

mais imagens Galeria de fotos dos protestos

 

Trânsito na Avenida Dr. Arnaldo também foi dificultado. Foto: Tiago Queiroz/AE

 

Ficaram bloqueadas por mais de uma hora a Avenida dos Bandeirantes, na região do Itaim Bibi, a Avenida Ricardo Jafet, próximo à Rua Saioá. A Marginal do Pinheiros ficou interditada em três pontos: próximo à Rua Quintana (na região da Avenida Luís Carlos Berrini), junto à Avenida Roberto Zuccolo (Cidade Jardim) e próximo à Rua Castro Delgado (Parque Villa-Lobos).

  

A medida da Prefeitura que proíbe os ônibus fretados de circular por uma área de 70 km² ao redor da Praça da Sé começou nesta segunda. A estimativa é que 1.300 veículos serão retirados do minianel viário e reduzir os congestionamentos.

 

 Em vários pontos da cidade, manifestantes protestaram com faixas. Foto: Nilton Fukuda/AE

 

Atualizado às 22h55

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.