Ato contra morte de jovem reúne 100 em Higienópolis

Cerca de cem pessoas se reuniram no fim da tarde de ontem no Parque Buenos Aires, em Higienópolis, no centro da cidade, para protestar contra a morte de Caroline Silva Lee, de 15 anos, assassinada no dia 21 em um assalto. Estavam presentes a mãe da estudante, Maria do Sacramento Lee, a moradora do bairro que a socorreu, Vitória Freitas, além de amigos de Caroline e vizinhos. Com cartazes e apitos, todos pediam pelo fim da impunidade, por reformas no Código Penal e mais segurança nas ruas. "Isso não é um pedido do bairro de Higienópolis, mas de todo o Brasil", disse Vitória. / NATALY COSTA E JULIANA TAMDJIAN

O Estado de S.Paulo

28 Outubro 2012 | 03h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.