Atendente morre em assalto em Pinheiros

Ediomar dos Reis, de 22 anos, caminhava para pegar o ônibus para casa quando foi abordado e baleado por homens em uma moto

Nataly Costa, O Estado de S. Paulo

15 Maio 2013 | 12h24

SÃO PAULO - O atendente Ediomar dos Reis, de 22 anos, morreu na noite de terça-feira, 14, após um assalto na esquina das Ruas Artur de Azevedo e Antônio Bicudo, em Pinheiros, na zona oeste da capital paulista. Segundo a polícia, ele trabalhava em uma padaria do bairro e estava caminhando para pegar o ônibus para casa, em Taboão da Serra, na Região Metropolitana.

No caminho, por volta das 23h50, foi abordado por homens em uma moto, que roubaram seus pertences pessoais, como celular e mochila. Antes de fugir, atiraram em Ediomar. Um morador de um prédio da Artur de Azevedo ouviu os tiros e ligou para o 190. A vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu.

O caso está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Mais conteúdo sobre:
assalto pinheiros atendente

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.