Até noite de ontem, detidos não haviam acionado consulado

Até a noite de ontem, segundo o Itamaraty, os quatro brasileiros envolvidos na briga no voo da American Airlines não haviam acionado o consulado em Miami. Eles podem optar por contratar um advogado próprio. Segundo o Itamaraty, a polícia americana não tem obrigação de entrar em contato com o consulado brasileiro - autoridades têm o dever apenas de dar condições para que os estrangeiros o façam. A American Airlines informou que "houve um desentendimento entre passageiros, que foram retirados da aeronave e questionados pelas autoridades locais". A empresa não divulgou o nome dos detidos nem quantos dos 218 passageiros permaneceram em solo americano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.