Até base governista criticou divulgação antecipada de dado

O prefeito Gilberto Kassab (DEM) sofreu críticas até da base governista por antecipar à imprensa o orçamento e o reajuste de ônibus antes de enviar a proposta ao Legislativo. Para minimizar o mal-estar, hoje ele vai levar a peça pessoalmente à Câmara.

Diego Zanchetta, O Estado de S.Paulo

30 de setembro de 2010 | 00h00

Ontem, em audiência, o secretário de Finanças, Walter Aluisio Morais Rodrigues, causou indignação dos parlamentares ao dizer que não poderia adiantar os valores de 2011. "Como assim? Pode falar, sim. O senhor foi ontem aos jornais adiantar tudo e agora não quer falar para os vereadores?", indagou Roberto Tripoli (PV). Constrangido, o secretário informou valores principais.

Lideranças petistas colocaram notícias em sites e mensagens em redes sociais atacando o aumento da tarifa de ônibus.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.