Até às 23h Bilhete Único é carregado sem aumento do Metrô

Tarifa sobe para R$ 2,55 a partir da madrugada da segunda; sistema de recarga apresentou problemas

Luisa Alcalde, do Jornal da Tarde, com informações da Agência Estado,

08 Fevereiro 2009 | 14h15

Este domingo, 8, é o último dia para recarregar o Bilhete Único antes do aumento, que passa a vigorar durante a madrugada de segunda. O prazo termina às 23 horas. A tarifa vai de R$ 2,40 para R$ 2,55. Mas o serviço só funciona dentro dos quiosques instalados nas estações do Metrô.   No sábado e durante toda a semana usuários tiveram problemas para carregar o cartão porque o sistema informatizado ficou fora do ar várias vezes. A empresa que administra o serviço, a Planetek atribuiu a falha a mudanças no sistema de cobrança e à introdução de novos produtos por parte de outra empresa que teria sido contratada pela SPTrans.   A prefeitura negou ter qualquer responsabilidade pela paralisação das recargas e afirmou que cabe ao Metrô fiscalizar se o serviço oferecido à população pela Planetek é adequado. O presidente da Planetek garantiu que hoje o sistema está funcionando normalmente.   Reajuste   As tarifas de São Paulo, Campinas e Baixada Santista vão ter aumento na segunda. O reajuste vai pesar no bolso de mais de dois milhões de passageiros que utilizam esse transporte diariamente.   O reajuste médio das tarifas nas regiões metropolitanas será de 7,45% em São Paulo, 8,60% na Baixada Santista e 9,18% em Campinas. As tarifas de 13 linhas do corredor metropolitano ABD de São Paulo (São Mateus - Jabaquara), por exemplo, passarão de R$ 2,30 para R$ 2,55.   Em Campinas, a linha 694 (Hortolândia-Campinas), uma das mais movimentadas da região, terá o valor reajustado de R$ 2,30 para R$ 2,60. Já na Baixada Santista, a linha 900 (São Vicente-Santos) irá de R$ 2,60 para R$ 2,80. Segundo o governo, as mudanças nos preços acompanham o aumento de custos com óleo diesel, lubrificantes e mão de obra.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.