Ataque em ambulância cancela festa no interior

A Prefeitura de Monte Alegre do Sul, estância hidromineral com 7 mil habitantes na região de Campinas, cancelou as festas de carnaval de rua depois que um motorista de ambulância foi morto na madrugada de ontem.

, O Estado de S.Paulo

08 Março 2011 | 00h00

Segundo a polícia, Adécio Pompeu Carvalho, de 51 anos, foi agredido por um paciente de 18 anos, supostamente alcoolizado, quando seguia para Amparo. O jovem chutou o vidro da ambulância e atacou Carvalho quando ele e um ajudante tentavam recolocá-lo no veículo. Preso em flagrante, foi levado para a cadeia pública de Serra Negra.

O corpo do motorista foi sepultado à tarde. A Polícia Civil aguarda laudo do Instituto Médico Legal de Bragança Paulista para saber se a causa da morte foi a agressão, o choque na queda após ser agredido ou algum outro fator.

"Monte Alegre chega a ter 10 mil, 15 mil pessoas nesta época, porque é o melhor carnaval da região", afirmou o diretor de Turismo, Cláudio Valente. "Ainda não se sabe oficialmente se a causa da morte foi agressão ou infarto, mas o fato é que fica todo mundo transtornado."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.