Ataque contra Guarda Municipal deixa três feridos em Sorocaba

Quatro homens armados invadiram o prédio e abriram fogo contra os três agentes públicos no local

José Maria Tomazela, de O Estado de S. Paulo,

20 de setembro de 2009 | 19h24

Uma base da Guarda Municipal de Sorocaba, a 92 km de São Paulo, foi atacada com tiros, na madrugada deste sábado, 20. Três guardas ficaram feridos, um deles em estado grave. O ataque ocorreu na base situada no bairro Ana Paulo Eleutério, na zona norte da cidade, pouco antes da troca de turno dos guardas.

 

Quatro homens armados invadiram o prédio e abriram fogo contra os três agentes públicos que estavam no local, entre eles uma mulher. Eles fugiram em seguida levando as armas e um colete à prova de balas das vítimas. Um guarda que estava fora do prédio avisou a polícia.

 

As três vítimas foram levadas para o Hospital Regional e submetidas a cirurgias. A guarda feminina sofreu lesão na medula e seu estado era considerado grave no final da tarde de ontem. O prefeito Vitor Lippi (PSDB) disse ter ficado chocado com o ataque, pois a função dos guardas era proteger um conjunto de casas em fase final de obras para serem entregues à comunidade. Até a noite de ontem os autores dos crimes não tinham sido identificados.

Mais conteúdo sobre:
Guarda Municipal

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.