Assessor tinha salário duplo

Médico concursado, Hélio Neves chegou a receber salário duplo na Prefeitura sem desempenhar duas funções. Em 2009, já era assessor especial da Secretaria do Verde e do Meio Ambiente e trabalhava em tempo integral para Eduardo Jorge. Mas ainda estava lotado no gabinete do secretário da Saúde, Januário Montone, e também recebia pela pasta.

O Estado de S.Paulo

24 Dezembro 2011 | 03h02

À época, a remuneração dele somava R$ 14 mil - mais do que a de Kassab, que ganhava R$ 12 mil. O acúmulo de funções contraria o Estatuto Municipal dos Servidores Públicos. Neves negou irregularidades.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.