Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Assessor foi acusado de liberar antenas ilegais em 2003

Em novembro de 2003, o relatório final da CPI das Antenas na Câmara Municipal de São Paulo pediu ao Ministério Público o indiciamento de Hussain Aref Saab por suspeita de irregularidades em 71 processos de regularização de antenas de celulares instaladas entre 1999 e 2002. Os vereadores acusaram Aref de não analisar os pedidos de alvará em 90 dias, o que permitia que as antenas fossem ligadas mesmo sem autorização da Prefeitura.

O Estado de S.Paulo

15 de maio de 2012 | 03h04

Mesmo após a acusação, Aref nos últimos anos foi relator de vários processos referentes à emissão de licença de funcionamento para antenas dentro do Conselho de Patrimônio Histórico (Conpresp). Era suplente no conselho do secretário de Habitação, Ricardo Pereira Leite. Na Justiça, Aref também responde a três ações de improbidade por liberar empreendimentos supostamente irregulares. /D.Z. e R.B.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.