Assassino de menina no Rio é achado morto

VIOLÊNCIA

, O Estado de S.Paulo

07 de novembro de 2010 | 00h00

Foi encontrado morto na prisão, na madrugada de ontem, o marceneiro Jonas Marcelino da Silva, de 35 anos, assassino confesso da menina Camila Evangelista da Conceição, de 9. Ele estava no presídio Ary Franco, no Rio. Ao ser preso, na terça-feira, um dia depois de o corpo da criança ter sido encontrado, Silva disse que agira sob efeito de álcool.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.