Assassinato de três taxistas causa protestos

Três taxistas foram assassinados na madrugada de ontem em Porto Alegre. Conforme a polícia, todos os casos têm indícios de latrocínio. Ainda de madrugada, uma manifestação de motoristas de táxi nas ruas da capita gaúcha interrompeu a Avenida Ipiranga, perto do Palácio da Polícia. O grupo se reuniu em frente à casa do governador do Estado, Tarso Genro (PT), cobrando maior segurança.

O Estado de S.Paulo

31 Março 2013 | 02h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.