Assaltos terminam em morte em São Paulo

Apenas um assaltante foi preso; uma vítima está internada em estado grave

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

09 de maio de 2008 | 06h32

Dois assaltos ocorridos na noite de quinta-feira, 8, um em plena marginal Tietê, na zona leste, e outro no bairro do Jaguaré, zona oeste, terminaram com a morte de duas das vítimas. Ocupando um Fiat Pálio cinza, Eleno José da Silva, de 63 anos, e José Edmundo da Silva, de 48 anos, por volta das 22h30 de quinta-feira, pararam o carro em que estavam na pista local da marginal Tietê, sentido Penha, após algumas pedras atingirem o veículo. Ao perceberem que se tratava de uma emboscada de assaltantes, as duas vítimas tentaram fugir, mas foram baleadas. Levado ao pronto-socorro da Vila Maria, ferido por três tiros, Eleno não resistiu e morreu. Edmundo, atingido por dois disparos, passou por cirurgia e segue internado em estado grave. Nada foi levado das vítimas. Policiais militares, em patrulhamento na região após o crime, encontraram um dos três assaltantes escondido no canteiro central da marginal. Carlos da Silva Campos, de 30 anos, confessou sua participação no crime, mas não quis entregar seus comparsas. Com o acusado não foram encontradas armas. Segundo a Polícia Civil, outros três carros também chegaram a ser atingidos pelas pedras. O caso foi registrado no 10º Distrito Policial, da Penha, pelo delegado Richard Alberto Serrano. Zona Oeste A contadora Michele Aparecida de Araújo Sanches, de 28 anos, também foi vítima de assaltantes, por volta das 20h45 de quinta-feira, na esquina da Avenida Jaguaré com a Avenida Onofrio Milano, no Jaguaré, zona oeste da capital paulista. Ao ser abordada pelos criminosos, em seu Celta vermelho, Michele tentou acelerar para fugir, mas foi baleada no peito. Mesmo encaminhada pelos bombeiros ao pronto-socorro Universitário, a vítima não resistiu e morreu. Os bandidos não levaram nada. O caso foi registrado no 93º Distrito Policial, do Jaguaré.

Tudo o que sabemos sobre:
Marginal TietêSão Pauloassaltos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.