Assaltos terminam com um bandido morto, um ferido, dois presos e uma vítima baleada em SP

Um bandido morreu e outro foi preso, por volta da 0h30 deste sábado, 29, após a dupla tentar assaltar uma residência localizada na Rua Gilberto Duarte de Azevedo, no Jardim São Jorge, próximo ao Cemitério Israelita, na zona oeste de São Paulo.

RICARDO VALOTA, Estadão.com.br

29 Janeiro 2011 | 05h48

Armados, os criminosos renderam o proprietário da casa que chegava em um carro e obrigaram a vítima a entrar no imóvel com eles. Não se sabe ainda por que, mas a dupla abortou e ação ao perceber que foi perseguida até uma rua paralela por policiais militares da 4ª Companhia do 16º Batalhão. No tiroteio, um dos bandidos foi baleado e morreu quando era atendido no pronto-socorro Bandeirantes, localizado no Jardim Periperi. O outro assaltante se entregou e foi encaminhado ao 51º Distrito Policial, do Butantã.

Paraisópolis. Bem mais cedo, por volta das 20h30 de sexta-feira, o motorista de um Fiesta preto, acompanhado do filho, foi abordado por três criminosos na esquina da Avenida Giovanni Gronchi com a Rua Doutor Francisco Tomás de Carvalho, local conhecido como "tobogã", em razão da inclinação da rua, região do Morumbi, próximo à Favela Paraisópolis. No momento em que retirava a carteira do bolso para entregá-la aos assaltantes, Marcos Livio Barra Teixeira, de 56 anos, foi baleado no peito. Mesmo baleada, a vítima ainda conseguiu acelerar, atravessou a avenida e desceu a rua Sebastião Francisco, parando o carro em seguida. Policiais militares da 5ª Companhia do 16º Batalhão encaminharam Marcos para o Hospital Albert Einstein, onde ele permanece internado. Nenhum suspeito foi detido.

Eram 2 horas deste sábado, 29, quando PMs do mesmo batalhão e companhia, a menos de 600 metros do local do primeiro assalto, trocavam tiros com dois bandidos que haviam assaltado um taxista e o passageiro, dos quais tomaram dinheiro, o carro e outros pertences, na Avenida Giovanni Gronchi. Acionada, a PM localizou os suspeitos na Rua Clementine Brenne, onde os criminosos só pararam o veículo após colidirem contra um muro de uma residência. No tiroteio um dos bandidos foi baleado e encaminhado ao Hospital Campo Limpo, onde permanece internado. O outro assaltante foi preso em flagrante e levado para o 89º Distrito Policial, do Portal do Morumbi.

Esse trecho de cinco quarteirões da Avenida Giovanni Gronchi é palco de vários assaltos, a maioria praticada por criminosos que atacam motoristas e fogem para a Favela Paraisópolis, localizada muito próximo.

Atualizado às 6h05 para acréscimo de informação

Mais conteúdo sobre:
São Paulo violência cidades

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.