Assalto a loja termina com tiroteio e morte em São Paulo

Dos três criminosos, um morre, outro se entrega depois que sua munição acaba e um terceiro consegue fugir

Fabiana Marchezi, do estadao.com.br,

31 de outubro de 2007 | 18h12

A Polícia Militar prendeu um criminoso no final da manhã de terça-feira, 30, durante assalto à loja C&C, na Avenida Doutor Gastão Vidigal, na Vila Leopoldina, zona oeste de São Paulo. Um outro criminoso foi baleado e morreu. De acordo com a PM, por volta das 11h30, durante patrulhamento pela avenida, os agentes foram solicitados por um funcionário da loja que, nervoso, explicou que o estabelecimento havia sido roubado. Os policiais tentaram conseguir mais informações sobre o roubo, mas o funcionário não sabia explicar quantos eram, se tinham armas ou como estavam vestidos os criminosos. Sem saber que os assaltantes permaneciam no mezanino da loja e mantinham uma funcionária como refém enquanto enchiam um malote com dinheiro, a dupla de policiais militares entrou no local. Enquanto faziam uma busca, os policiais foram surpreendidos por um dos criminosos, que estava escondido. Ele avançou contra um dos agentes e o segurou pelo pescoço, apontando uma arma para a cabeça do policial. O criminoso ordenou que o outro PM jogasse a arma no chão e se rendesse. Nesse momento, iniciou-se uma discussão entre o policial e o bandido e, quando o policial refém conseguiu se afastar do assaltante, o outro PM efetuou disparos que atingiram a o suspeito e sua arma. Ao ouvirem os tiros, os outros dois criminosos que estavam no mezanino da loja desceram as escadas atirando contra os PMs, um dos policiais foi atingido na altura do coração, mas os projéteis pararam no colete à prova de balas. Os bandidos estavam com uma metralhadora e uma pistola calibre 765. Um dos criminosos se entregou depois que sua munição acabou. O outro conseguiu fugir. O criminoso baleado ainda foi socorrido ao pronto-socorro da Lapa, mas não resistiu ao ferimento e morreu. Tanto o suspeito que morreu quanto o que foi preso já tinham sido presos - um por dois homicídios e o outro por roubo a mão armada. O preso e as duas armas apreendidas foram levados ao 91º Distrito Policial.

Tudo o que sabemos sobre:
Assalto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.