Assalto a lanchonete acaba com tiroteio e 1 morto no Morumbi

Dez pessoas foram feitas reféns na Avenida Giovanni Gronchi; dois ladrões são presos após tiroteio com a polícia

Paulo R. Zulino e Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

10 de dezembro de 2007 | 11h31

Dez pessoas foram mantidas reféns por duas horas na manhã desta segunda-feira, 10, em uma lanchonete Habib's da Avenida Giovanni Gronchi, no Morumbi, na zona sul de São Paulo. Os ladrões renderam os funcionários e levaram os reféns para o segundo andar da lanchonete. Acionada, a PM foi até o local e trocou tiros com os ladrões. Um ladrão morreu, outro ficou ferido e um terceiro conseguiu fugir.   O segurança do Habib's conseguiu escapar do assalto e acionou a Polícia Militar pelo sistema de segurança da agência bancária ao lado da lanchonete. Com a chegada da PM, houve tiroteio e dois ladrões ficaram feridos, sendo que um deles morreu. Um terceiro assaltante conseguiu fugir.   O tiroteio deixou dois assaltantes baleados. Eles foram encaminhados ao pronto-socorro do Hospital Campo Limpo, mas um deles não resistiu aos ferimentos e morreu. O terceiro suspeito de participar do roubo continuava foragido. Com o auxílio do helicóptero Águia da Polícia Militar, um cerco foi feito na região do Morumbi para tentar localizar o terceiro assaltante.   O fato de a Polícia Militar ter sido acionada pelo sistema de segurança da agência bancária fez com que a Secretaria de Segurança Pública acreditasse que o banco estava sendo roubado, e não a lanchonete. Porém, o caso foi esclarecido em seguida.   Texto alterado às 15 horas para correção de informações. Ao contrário do que foi informado inicialmente, o assalto aconteceu na lanchonete e não no banco.

Tudo o que sabemos sobre:
roubo a bancoMorumbi

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.