Assalto a casa com 4 reféns termina com um bandido morto em Peruíbe

Criminoso ameaçou atirar contra uma criança 11 meses de idade durante o assalto

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

08 Dezembro 2011 | 01h39

SÃO PAULO - Um assaltante morreu e dois conseguiram fugir, por volta das 21 horas de quarta-feira, 7, após o trio invadir a casa de um comerciante, no Jardim Peruíbe, em Peruíbe, litoral sul paulista, e fazer reféns, além do proprietário, a esposa dele, uma filha, de 24 anos, e um neto, de apenas 11 meses de idade.

 

Armados com um revólver calibre 38, com quatro munições, os criminosos renderam uma das vítimas quanto ela deixava a residência, na Rua Sebastião Leopoldino Marçal. Sem saber que uma testemunha já havia ligado para o 190, o trio invadiu o imóvel. Enquanto dois reviravam os cômodos, o outro assaltante apontava a arma para as vítimas, dizendo que se precisasse atiraria também contra a criança.

 

No momento em que PMs do 29º Batalhão cercavam a casa, a família estava trancada em um dos cômodos e os bandidos se preparavam para deixar o imóvel nos dois carros da família, ambos com diversos objetos separados da residência. "Eles já estavam no quintal. Dois fugiram pulando um muro e pelo telhado das casas vizinhas, mas o outro sacou a arma e apontou para um dos policiais, por isso foi baleado", relatou um dos policiais.

 

O criminoso, de aproximadamente 21 anos, morreu quando era atendido no pronto-socorro central da cidade. Até à 1h45 desta madrugada de quinta-feira, 8, ele não havia sido identificado, mas, segundo a polícia, o rapaz morto é muito parecido com o criminoso já conhecido pelos policiais e seria o mesmo que já tem pelo menos cinco passagens por roubo. O caso foi registrado como roubo seguido de resistência e morte na Delegacia Central de Peruíbe.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.