Assalto a banco deixa três mortos e dois feridos em Campinas

Segundo a polícia, dois mortos fariam parte do bando que tentou roubar agência do Itaú, no centro da cidade

Fabiana Marchezi e Tatiana Fávaro, estadao.com.br e O Estado de S.Paulo

21 de julho de 2008 | 16h51

Três pessoas morreram e outras duas ficaram feridas na tarde desta segunda-feira, 21, após um tiroteio durante um assalto à uma agência do banco Itaú, na Avenida Barão de Itapura, na região central de Campinas, a 95 quilômetros de São Paulo. O caso foi encaminhado ao 1.º Distrito Policial da cidade.   Segundo informações da Polícia Civil, duas das vítimas fatais eram assaltantes e a outra, um cliente do banco, o segurança Manoel Pimenta, 42 anos. Outras duas pessoas ficaram feridas - um policial federal foi atingido no braço e uma mulher levou um tiro na perna. Segundo informações do pronto-atendimento para o qual foram levados os feridos, as vítimas não correm risco de morte.   De acordo com a polícia, ao menos 30 pessoas estavam na agência bancária no momento em que os suspeitos invadiram o local. Os quatro homens estavam armados e entraram na agência no início da tarde. Os seguranças que estavam na porta do banco e ao menos uma funcionária foram feitos reféns. Segundo informou a Polícia Civil, a troca de tiros começou após o policial federal aposentado ter reagido ao assalto.   O tiroteio - ao menos 12 disparos, segundo testemunhas - causou pânico e tumulto no bairro. A polícia não soube informar quanto tempo os assaltantes permaneceram dentro da agência. Até mesmo os pedestres que mal sabiam do assalto e passavam pelo local ficaram assustados. "A gente está passando na rua e, de repente, vê uma correria, uma movimentação dessa. Dá medo, não tem como não ter", afirmou a secretária Adriana Bastos, 27 anos.   O banco Itaú informou, por meio de nota oficial, que vai prestar assistência à polícia com informações sobre o assalto e auxiliar as vítimas feridas.   Ampliado às 21h15

Tudo o que sabemos sobre:
assalto a bancopolíciaCampinas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.