Assaltantes sequestram e roubam funcionários de usina do interior

Pelo menos 30 trabalhadores da lavoura de cana em Capivari foram surpreendidos pelos criminosos e obrigados a entrar em um ônibus

Rene Moreira, Especial para o Estado

26 Maio 2015 | 13h49

FRANCA - Três assaltantes fizeram 30 funcionários de uma usina de cana reféns durante um assalto em Capivari, no interior de São Paulo, na madrugada desta terça-feira, 26. Eles foram dominados quando iniciavam o trabalho na lavoura.

Antes os bandidos já haviam assaltado o motorista e o ajudante de um caminhão de outra usina, em Santa Barbara d'Oeste. Depois pegaram os trabalhadores da cana que foram levados de ônibus até uma rodovia da região, tendo todos os objetos que possuíam roubados no trajeto.

Em seguida, os bandidos ainda usaram o coletivo para fechar a Rodovia do Açúcar (SP-308) e assaltar uma mulher que transitava pelo local e que ficou sem o carro. Os três fugiram no veículo da vítima com direção ao município de Elias Fausto e não foram localizados pela polícia.

Investigação. Os trabalhadores assaltados ficaram sem pequenas quantias em dinheiro e objetos como celulares, relógios, anéis e alianças. Eles contaram que os bandidos não teriam se sensibilizado com os pedidos para que fossem poupados, já que são de baixa renda e nada tinham de grande valor.

Procurados pelo Estado, policiais de Capivari disseram que o crime está sendo tratado sob sigilo para não atrapalhar as investigações.

Mais conteúdo sobre:
ViolênciaSão PauloCapivari

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.