Assaltantes são presos com a ajuda de localizador de celular roubado em SP

Bando assaltou uma residência na Vila Gustavo e levou o carro e pertences da família

Pedro da Rocha, estadão.com.br

23 de agosto de 2011 | 08h16

SÃO PAULO - O localizador de um celular ajudou a Polícia Militar a prender dois assaltantes e apreender um menor na região da Vila Gustavo, zona norte da capital. Os policiais encontraram o Meriva onde estava o telefone roubado na noite de segunda-feira, após os bandidos fazerem uma família refém e levarem pertences da casa invadida.

 

O dono da residência, um representante comercial, localizada na Rua Launeir Meira Baptista, na Vila Gustavo, chegava com seu Meriva quando foi abordado por quatro criminosos armados. Dentro de casa estavam ainda sua esposa e filha. Os três foram trancados dentro de um quarto enquanto os criminosos roubavam joias, celulares e eletroeletrônicos. Os reféns disseram aos policiais que os bandidos se comunicavam, via rádio, com comparsas, que deviam estar vigiando a rua. Os assaltantes fugiram levando os objetos no carro da família.

 

As vítimas ligaram para a PM e policiais da 3ª Companhia do 9º Batalhão foram até a residência. "A filha contou que seu celular possuía um aplicativo que dava sua localização em tempo real", disse o tenente da PM Oswaldo Andrade Filho.

 

Os policiais interceptaram o Meriva na Rua Sete de Setembro, a cerca de 4 km da residência. Diego Vicente Pereira dirigia o veículo e uma caixa de joias roubadas estava no carro. Na Rua Quedas foi detido Expedito Felipe Peixoto, de 19 anos. Ele estava a pé e levava outros pertences roubados. Após outra denuncia à PM, segundo a qual suspeitos estariam descarregando mercadorias de um carro escuro na Rua Sebastião Arruda, um adolescente de 17 anos foi apreendido.

 

Peixoto, sem documentos, se identificou à polícia com o nome do irmão, e sua família, que compareceu à delegacia, confirmou a farsa, mais tarde descoberta. Os outros integrantes da quadrilha estão foragidos. Nenhuma arma foi apreendida. O 73º Distrito Policial cuida do caso.

Tudo o que sabemos sobre:
assaltopmzona nortevila gustavo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.