Assaltantes mantêm família refém por 3 horas no interior de SP

Bando invadiu casa de empresário em busca de dinheiro e jóias; os quatro foram presos e a família saiu ilesa

Fabiana Marchezi e Brás Henrique, estadao.com.br e O Estado de S.Paulo

24 de setembro de 2008 | 14h23

Quatro assaltantes mantiveram a família do empresário David Braga refém na noite de terça-feira, 23, em uma chácara na rodovia SP-318, altura do quilômetro 252, em São Carlos, interior de São Paulo. De acordo com a Polícia Militar, os bandidos invadiram a chácara por volta das 21h30 à procura de jóias e dinheiro. Porém a mulher do empresário conseguiu ligar para um parente avisando sobre o assalto.   Com a chegada dos policiais, os bandidos se trancaram em um quarto, onde mantiveram o casal, suas duas filhas e o vigia da casa reféns por cerca de três horas. Após negociação, Braga saiu do quarto com as armas - uma escopeta, dois revólveres calibre 38 e uma pistola - e os quatro assaltantes foram presos e levados para a delegacia.   Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Estado, Wladimir Fernando da Silva Dias, de 19 anos, Wanderson Fabrício Liberatto, de 19, Douglas Daniel Castilho, de 18, e Cícero Ricardo Segundino de Lima, de 19, devem responder por tentativa de assalto, cárcere privado e formação de quadrilha. Todos já tinham passagem pela polícia   Ainda segundo a secretaria, os quatro foram recolhidos ao Centro de Triagem de São Carlos, onde estão à disposição da Justiça. O caso foi registrado no 1.º Distrito Policial da cidade. Não houve feridos.

Tudo o que sabemos sobre:
seqüestroSão Carlospolíciaroubo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.