Assaltantes agridem reféns em arrastão no Morumbi

Quadrilha tinha o controle remoto da garagem de prédio; ao menos 5 apartamentos foram assaltados

Tiago Dantas, O Estado de S.Paulo

07 Fevereiro 2011 | 00h00

Pelo menos cinco apartamentos de um prédio de luxo do Morumbi, na zona sul de São Paulo, foram assaltados ontem pela manhã. Moradores foram mantidos reféns na garagem - entre eles, uma menina de 8 anos. A quadrilha, formada por dez criminosos encapuzados e armados, chegou a agredir os reféns, segundo informações de testemunhas.

A polícia acredita que os ladrões usaram um controle remoto para entrar no estacionamento do prédio, na Rua Ambrizette, usando pelo menos dois carros - um EcoSport e um Palio. A hipótese foi levantada porque os porteiros do edifício são orientados a nunca abrir o portão eletrônico, mesmo que seja um morador que esqueceu o controle.

A primeira ação dos criminosos dentro do estacionamento, por volta das 7h30, foi mexer nas câmeras de segurança, o que chamou a atenção do zelador. Ao sair do apartamento para ver o que estava ocorrendo, o homem foi rendido. As demais vítimas eram abordadas à medida que desciam para ir à piscina.

"Ficou todo mundo na garagem com um bandido armado. Eles até agrediram uns moradores", relatou uma das vítimas. "No meu apartamento, levaram computador, joias, dinheiro... Estou tão nervosa que nem sei direito", completou a mulher. O arrastão acabou às 11h, quando o bando fugiu com seus carros.

Mãe da menina de 8 anos mantida refém, uma ilustradora de 41 anos foi até a garagem ver por que a filha não voltava do passeio com a cachorra. A garota havia sido rendida. "Estavam todos na garagem, mas acho que os bandidos já tinham ido embora", lembra. Segundo ela, a garota disse que não foi tratada com violência.

Até as 18h, nenhuma vítima havia procurado a delegacia da região, o 89.° Distrito Policial (Portal do Morumbi), para registrar o roubo. "Se não tiverem levado documentos, é capaz que ninguém vá à delegacia, infelizmente. Se a polícia prender alguém, não vai ter como acusá-lo do roubo", disse o presidente do Conselho de Segurança (Conseg) do bairro, Celso Neves Cavallini.

PRESTE ATENÇÃO...

1. Controle remoto.

Nunca deixe o controle à vista de quem está do lado de fora do carro, pois ele pode ser roubado para uma ação futura em seu prédio

2.Garagem. Ao entrar e sair do condomínio, jamais deixe de verificar se há suspeitos nas proximidades. Se desconfiar de alguém, dê uma volta no quarteirão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.