Reprodução/Google Maps
Reprodução/Google Maps

Assaltante morre após roubo em frente a hotel de luxo

Bandido foi baleado por seguranças de empresa privada depois de levar relógio de um advogado

Vagner Aquino, O Estado de S.Paulo

27 de setembro de 2020 | 22h56

Um assaltante foi morto na rua Vitorino Fasano, no Jardim Paulista, zona sul de São Paulo, na noite de sábado, 26. O criminoso foi atingido por seguranças de uma empresa privada após roubar o relógio de um advogado, de 42 anos, em frente ao Hotel Fasano.

O fato ocorreu por volta das 22h55, quando o bandido, em uma motocicleta, abordou a vítima, que chegava ao estabelecimento. Ao avistar o crime, seguranças deram ordem de parada ao criminoso, que disparou contra os agentes.

A Secretaria da Segurança Pública (SSP) informou que, após a troca de tiros, o criminoso foi socorrido e encaminhado ao Hospital das Clínicas. Porém, não resistiu.

De acordo com o Boletim de Ocorrência do caso, registrado no 78.º Distrito Policial, nos Jardins, foi apreendido um revólver calibre .38 com o assaltante. Ele tinha 25 anos e agia sozinho. O caso foi registrado como tentativa de roubo, homicídio e legítima defesa. As armas dos seguranças foram encaminhadas à perícia, conforme afirmação da SSP.

Procurada pelo Estadão, a assessoria de imprensa do Hotel Fasano não foi encontrada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.