Assaltante faz casal refém durante fuga pela Via Dutra

Fuga começou em São José dos Campos e terminou em Guarulhos; comparsa do preso conseguiu escapar

Ricardo Valota, Paulo Maciel e Daniela do Canto, do estadao.com.br,

16 Janeiro 2009 | 03h53

Armado com um revólver calibre 38, o assaltante Davi Brito de Campos, 22 anos, manteve refém um casal, por quase uma hora, durante uma fuga pela Rodovia Presidente Dutra na noite de quinta-feira, 15. A perseguição ao Corsa vermelho, ocupado pelas vítimas e pelo criminoso, começou em São José dos Campos, no Vale do Paraíba, e terminou na altura do quilômetro 207, próximo ao trevo de Bonsucesso, em Guarulhos, na Grande São Paulo.   Eram 20h30 de quinta-feira quando Davi e uma comparsa, ambos numa moto Honda Titan, invadiram a escola de idiomas CCAA localizada na Avenida Barão do Rio Branco, no bairro Esplanada, em São José dos Campos. A dupla já havia assaltado outra escola de idiomas, a CNA, minutos antes. Cheques e dinheiro foram levados dos dois estabelecimentos, segundo a polícia. Uma testemunha, ao ver o pessoal da recepção sendo abordado, conseguiu se esconder no banheiro e ligou para o 190.   Policiais militares do 01º Batalhão do Interior(BPM/I) chegaram rapidamente, mas os assaltantes já haviam deixado a escola. Na fuga, o casal abandonou a moto próximo ao hipermercado Carrefour, no Parque Residencial Aquarius, junto à Rodovia Presidente Dutra. A mulher conseguiu escapar a pé, mas Davi invadiu o estacionamento do hipermercado, dominando um casal de namorados, um auxiliar administrativo e uma estudante, ambos de 23 anos. As vítimas ocupavam um Corsa vermelho.   A estudante foi obrigada a dirigir o veículo em direção à Via Dutra. O namorado dela e o assaltante mantiveram-se no banco da frente. A fuga do criminoso então prosseguiu pela rodovia. O veículo ainda passou por dois pedágios, na via exclusiva do sistema Sem Parar, mas o Corsa enfim parou, na altura do quilômetro 207, próximo ao trevo de Bonsucesso, em Guarulhos, por volta das 21h30, após acabar o combustível.   O casal, então, entrou em luta corporal com o assaltante que, antes de ter o revólver tomado pelas vítimas, ainda mordeu o braço da estudante. Policiais militares realizaram o cerco ao veículo e dominaram, Davi, que reside em Jacareí, cidade vizinha a São José dos Campos, e faz aniversário nesta sexta-feira. O assaltante foi encaminhado ao 07º Distrito Policial de Guarulhos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.