Assaltante é morto durante seqüestro relâmpago em SP

Segundo a polícia, ao abandonar o carro, criminoso teria atirado contra os policiais e foi baleado

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

10 de janeiro de 2008 | 03h23

Um assaltante ainda não identificado foi morto, por volta das 21 horas de quarta-feira, 9, em uma troca de tiros com policiais militares na Rua Dr. Carlos de Resende Enout, no Parque Dorotéia, região do Jardim Miriam, zona sul de São Paulo. O criminoso matinha refém o proprietário de um Volkswagen Fox, identificado como Waldomiro, vítima de seqüestro relâmpago. O dono do Fox havia sido dominado em um semáforo na esquina da Estrada do Alvarenga com a Rua Professor Carlos de Mello Neto. Após tomar 60 reais de Waldomiro e fazer compras com o cartão de crédito da vítima, o assaltante foi localizado, perseguido e cercado pela polícia. Ao abandonar o carro, teria atirado contra os policiais e foi baleado. Ele morreu no pronto-socorro central de Diadema.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.