JF Diorio/Estadão
JF Diorio/Estadão

Às vésperas do final de ano, rodízio suspenso e Operação Estrada

Previsão é de que 2 milhões de veículos deixem a capital na época natalina; veja sugestões para não ficar preso no trânsito

O Estado de S.Paulo

22 Dezembro 2017 | 09h23

SÃO PAULO - Às vésperas das festas de fim de ano, o rodízio de carros em São Paulo foi suspenso na manhã desta sexta-feira, 22. A partir de agora a expectativa da Companhia de Engenharia e Tráfego (CET) é que cerca de 2 milhões de veículos deixem a capital durante a época natalina, e o maior fluxo deve ser já na tarde desta sexta.

A CET vai coordenar a Operação Estrada, que fará monitoramento reforçado nos terminais rodoviários e nas principais vias de escoamento da cidade, como Marginal Tietê e Pinheiros, as avenidas dos Bandeirantes, Presidente Tancredo Neves; Professor Francisco Morato e os eixos Norte/Sul e Leste/Oeste. O horário de maior pico deve ser entre 14 e 20 horas, que segundo a companhia deve ser evitado para quem viaja tanto para o litoral quanto para o interior do País.

Na época do ano novo, uma média de 1,7 milhão de veículo deve deixar a cidade e a região metropolitana, em especial no dia 29, próxima sexta-feira e 30, sábado.  Também haverá fiscalização e monitoramento nos trechos de acesso e chegadas nas rodovias. 

A Operação seguirá durante o retorno à cidade. Haverá reforço nos pontos de acesso no dias 26 de dezembro, na volta do Natal, e no dia 2 de janeiro, no retorno do Réveillon. 

O rodízio de carros volta a valer no dia 15 de janeiro. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.