'As ruas estão deterioradas', diz ex-secretária

Em entrevista ao 'Estado', Alda afirma que, por não ter um clima muito frio, a cidade favorece a permanência de pessoas nas ruas

Artur Rodrigues,

07 Dezembro 2013 | 19h37

Ex-titular da pasta de Assistência Social e vice-prefeita na gestão de Gilberto Kassab (PSD), Alda Marco Antonio afirma que a situação em relação a moradores de rua na cidade está pior do que no ano passado. "Aparentemente, as ruas estão muito mais deterioradas", afirma ela.

Em entrevista ao ‘Estado’, Alda afirma que, por não ter um clima muito frio, a cidade favorece a permanência de pessoas nas ruas. "Você já viu morador de rua em cidade pequena? Ele não fica. Ele migra para a cidade grande porque ela é rica", diz.

Ela critica organizações não governamentais que dão comida e barracas para os desabrigados, afirmando que esse tipo de iniciativa perpetua a permanência das pessoas na rua. Questionada sobre as críticas de movimentos de direitos humanos que acusaram a gestão Kassab de higienista, ela rebate: "Nada de higienista, sou sanitarista. Higienista foi Hitler, que queria acabar com uma raça, nos queríamos que eles evoluíssem".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.