''As padarias são rápidas e sem frescura''

Paulo Fidalgo, empresário português, dono de franquia

DIANA DANTAS, O Estado de S.Paulo

13 de fevereiro de 2011 | 00h00

A partir de 22 de fevereiro não estranhe se encontrar alguma propaganda no saco do pão comprado na padaria. A ideia foi trazida pelo português Paulo Fidalgo, responsável pela abertura no Brasil da franquia da empresa espanhola Publipan. "Há cerca de dois anos, a situação econômica na Europa começou a piorar. Deixei todos os negócios que tinha lá e vim investir no Brasil, que está crescendo," explica ele, que trabalhava com importação e exportação de roupas.

A empresa chegou a São Paulo em outubro, mas Fidalgo conhece a cidade desde os 13 anos, quando veio visitar um tio que mora aqui. Hoje, com a rotina de cerca de 12 horas de trabalho, só aproveita a capital paulista nos fins de semana. "Gosto de baladas e de escolas de samba. Nos domingos, vou almoçar com a minha família, que mora no Anália Franco." Apesar do ambiente familiar, seus três filhos ainda moram no Porto, em Portugal.

Padarias. Morando sozinho nos Jardins, zona sul, ele come todos os dias fora e já começa a conhecer a gastronomia local. "Vou a churrascarias, restaurantes italianos e japoneses. Gosto também das padarias. Como no balcão, é rápido e sem frescura."

Fidalgo já planeja novos negócios no Brasil, mas não sem antes voltar a Portugal para o aniversário de 6 anos da filha mais nova - uma surpresa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.