'As mulheres aqui são mais liberais'

O apresentador carioca Ronald Rios, de 23 anos, vem semanalmente a São Paulo para fazer seu programa de rádio Oráculo, transmitido ao vivo pela Jovem Pan de segunda a quarta-feira, às 22 horas. Ronald ficou famoso na internet com a série de vídeos Com a Palavra, em que improvisa sobre assuntos variados, em um tipo de humor sobre o nada, à Jerry Seinfeld.

O Estado de S.Paulo

02 Outubro 2011 | 03h02

"O que há de mais interessante em São Paulo é a comida", diz, destacando os bairros da Liberdade e do Bexiga, na região central. "São dois lugares em que você consegue experimentar uma culinária específica. No Bexiga, tem comida italiana de verdade e barata, não a de shopping."

Ronald recomenda o rodízio de massas do almoço na Cantina da 14 de Julho, n.º 79 da rua de mesmo nome. Na sobremesa, a opção é o cannoli de Nutella. "Falo com orgulho que conheço esse lugar melhor do que boa parte dos paulistanos. É sensacional. Parabéns, São Paulo!", brinca.

Paulistanas. Ele também aponta outra diferença em relação ao Rio: as mulheres. "Aqui as garotas são mais bacanas, liberais", diz. "É mais fácil conversar, elas têm mais capacidade de entender que são mulheres solteiras do século 21 e podem aproveitar, sem ser uma vagabunda. Apesar da fama carioca de samba e sacanagem, lá elas são mais travadas."

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.