Divulgação
Divulgação

As 10 melhores ideias do verão 2011

Das festas em piscinas até os novos sabores de sorvete e as praias mais disputadas, um guia sobre o que fazer nos próximos três meses

, O Estado de S.Paulo

19 Dezembro 2010 | 00h00

1 - Praias da moda. São Miguel dos Milagres, em Alagoas, e Cumbuco (foto), no Ceará, são grandes candidatas a virar destinos badalados, como Trancoso, na Bahia. A primeira tem rotas ecológicas e piscinas naturais e a segunda, passeios de bugue e pontos de kitesurfe. Roteiros tradicionais ganham novo status graças ao investimento em infraestrutura. No mês passado, em Cumbuco, foi aberto um resort com campo de golfe e clínica de rejuvenescimento.

2 - Sorvete. A cada verão as sorveterias o reapresentam com surpreendente ineditismo. E já que não há fruta que não tenha virado sorvete, há deliciosas combinações, como abacaxi com coentro e maracujá com mel e alecrim, da carioca Mil Frutas. Na paulistana Diletto, conhecida pela baixa caloria dos picolés, dois novos sabores: limão siciliano (59 calorias) e maracujá (61).

3 - Drinque. O calor pede uma bebidinha gelada, colorida e com frutas. Como sangria. A do Kebab Salonu, de especialidades árabes, leva arak e mel. No Lorena 1989, além das versões com vinho ou espumante, consta do cardápio uma "nipônica", com saquê.

4 - Em forma. A temporada traz um frenesi de novidades nas academias paulistanas. "Jukari Fit to Fly", invenção da equipe do Cirque du Soleil, tem a ver com voar (foto). A Reebok treinou um grupo de professoras para essas aulas de 45 minutos, com polias arranjadas como um trapézio. Já o Sh"Bam, que a Bio Ritmo lançou nesta semana, é uma mistura de ritmos como funk, street dance, tecno, pop e hip-hop.

5 - Oásis do asfalto. É possível se dar bem no calor mesmo sem sair da cidade. Nas piscinas do Sesc, há aulas de surfe e banhos de sol sem gastar muito. Outra opção são os hotéis. No Renaissance, nos Jardins, por exemplo, basta fazer massagem no spa para ter livre acesso à piscina.

6 - Gastronomia. Cardápio de verão é leve. Daniela França Pinto, do Lola Bistrot, sugere sopa fria de iogurte com hortelã, queijo de cabra e almôndegas de cordeiro. Fábio Barbosa, do La Mar Cebicheria, aposta no ceviche, o clássico peruano feito com peixe cortado em cubos e marinado. Já Carlos Siffert diz que, mais do que nunca, o pop são orgânicos sul-americanos. Cita o café da Colômbia e o cacau da Bahia.

7 - A praça da cidade. Desde que os enfeites de Natal tomaram conta dos prédios e do palco da Avenida Paulista, 3 milhões de pessoas passeiam ali por dia. E sem pressa. São namorados, adolescentes e famílias inteiras que se encantam com a música dos corais, a neve artificial que cai de alguns edifícios e as luzes. Só as árvores do Parque Trianon ganharam 1,5 milhão de lâmpadas.

8 - Sem muvuca. No litoral norte de SP há 40 praias acessíveis só a pé, que oferecem tranquilidade para quem quer fugir da confusão. Uma delas é a Praia de Calhetas, em São Sebastião, cujo acesso se dá pelo km 144 da Rodovia Rio-Santos.

9 - Agito em alto-mar. Ubatuba, no litoral norte, terá uma grande mudança na paisagem. Os frequentadores devem se acostumar com o aumento do trânsito de navios por lá. Entre todos os destinos nacionais, é a praia que registra o maior crescimento de cruzeiros. No ano passado, recebeu 10.331 turistas no verão. Nesta temporada, 72.497 pessoas devem chegar de navio à praia do litoral norte.

10 - Festa ao ar livre. As melhores são as que acontecem na hora em

que o sol está se pondo, de preferência no litoral. Também chamadas de sunset parties, já são um clássico do verão - e a cada temporada surgem em novas praias. No Guarujá, a "sucursal" do Cafe de La Musique está inaugurando uma. Em Búzios, no Rio, o Insólito Boutique Hotel recebe na areia para o que eles batizaram de Ibiza Essentials. Em São Paulo, que não tem praia, o terraço para fumantes da nova versão da D-Edge, na Barra Funda, virou atração para o baladeiro que não faz questão de ficar enfurnado na pista a noite inteira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.