Keiny Andrade/AE - 5/12/2010
Keiny Andrade/AE - 5/12/2010

As 10 melhores ideias do verão 2011

Das festas em piscinas até os novos sabores de sorvete e as praias mais disputadas, um guia sobre o que fazer nos próximos três meses

Paulo Sampaio, Rodrigo Brancatelli e Valéria França

18 Dezembro 2010 | 18h39

O verão começa oficialmente às 21h38 de terça-feira. E, ainda que boa parte da semana passada tenha sido de frio e chuva, nos próximos dias o calor deve voltar, assim como as praias cheias, as comidas e bebidas leves e, para os mais baladeiros, as festas ao ar livre.

Meteorologistas preveem um verão mais seco que o passado. "Isso porque o Brasil, sobretudo no Sul, está sob a influência do fenômeno La Niña", conta Fabiana Victoria Weykamp, da Climatempo.

Nada melhor, portanto, que investir em cardápios com combinações de peixes, folhas, frutas e cereais. Os chefs sugerem investir em sopas frias e, mais do que nunca, em produtos orgânicos de origem, como o cacau do Equador. Pratos da culinária peruana, especialmente os ceviches, continuam em alta. E nas sorveterias a ordem é misturar frutas com ingredientes inusitados. A bebida mais sugerida para a happy hour é a tradicional sangria (sim, ela está de volta e virou hit no eixo Jardins-areia da praia).

O pôr do sol pode virar uma festa - a chamada sunset party -, promovida na beira da praia, em pistas sobre a areia. Também no litoral, o que não vão faltar são opções de cruzeiros. Há cinco anos, eram apenas seis navios nesta época na costa brasileira. Agora são 20, parando em 21 cidades. Santos ainda é o porto mais procurado, na frente de destinos importantes, como Rio.

E não é preciso preocupação. Dançou, bebeu, aproveitou? Para suar os excessos, nada mais apropriado do que uma sessãozinha de aeróbica. As academias estão com novidades pra lá de lúdicas. Mesmo que você não queira descer para o litoral, mesmo que seja do tipo urbano e prefira passear de carro à noite pela Avenida Paulista, ainda assim vai se encontrar nas dez dicas abaixo. Aproveite! E, se quiser saber mais, basta acessar o estadão.com.br/e/c1 para encontrar telefones e endereços dos locais citados.

1 - Praias da moda. São Miguel dos Milagres, em Alagoas, e Cumbuco (foto), no Ceará, são grandes candidatas a virar destinos badalados, como Trancoso, na Bahia. A primeira tem rotas ecológicas e piscinas naturais e a segunda, passeios de bugue e pontos de kitesurfe. Roteiros tradicionais ganham novo status graças ao investimento em infraestrutura. No mês passado, em Cumbuco, foi aberto um resort com campo de golfe e clínica de rejuvenescimento.

 

2 - Sorvete. A cada verão as sorveterias o reapresentam com surpreendente ineditismo. E já que não há fruta que não tenha virado sorvete, há deliciosas combinações, como abacaxi com coentro e maracujá com mel e alecrim, da carioca Mil Frutas. Na paulistana Diletto, conhecida pela baixa caloria dos picolés, dois novos sabores: limão siciliano (59 calorias) e maracujá (61).

3 - Drinque. O calor pede uma bebidinha gelada, colorida e com frutas. Como sangria. A do Kebab Salonu, de especialidades árabes, leva arak e mel. No Lorena 1989, além das versões com vinho ou espumante, consta do cardápio uma "nipônica", com saquê.

 

4 - Em forma. A temporada traz um frenesi de novidades nas academias paulistanas. "Jukari Fit to Fly", invenção da equipe do Cirque du Soleil, tem a ver com voar (foto). A Reebok treinou um grupo de professoras para essas aulas de 45 minutos, com polias arranjadas como um trapézio. Já o Sh’Bam, que a Bio Ritmo lançou nesta semana, é uma mistura de ritmos como funk, street dance, tecno, pop e hip-hop.

5 - Oásis do asfalto. É possível se dar bem no calor mesmo sem sair da cidade. Nas piscinas do Sesc, há aulas de surfe e banhos de sol sem gastar muito. Outra opção são os hotéis. No Renaissance, nos Jardins, por exemplo, basta fazer massagem no spa para ter livre acesso à piscina.

 

6 - Gastronomia. Cardápio de verão é leve. Daniela França Pinto, do Lola Bistrot, sugere sopa fria de iogurte com hortelã, queijo de cabra e almôndegas de cordeiro. Fábio Barbosa, do La Mar Cebicheria, aposta no ceviche, o clássico peruano feito com peixe cortado em cubos e marinado. Já Carlos Siffert diz que, mais do que nunca, o pop são orgânicos sul-americanos. Cita o café da Colômbia e o cacau da Bahia.

7 - A praça da cidade. Desde que os enfeites de Natal tomaram conta dos prédios e do palco da Avenida Paulista, 3 milhões de pessoas passeiam ali por dia. E sem pressa. São namorados, adolescentes e famílias inteiras que se encantam com a música dos corais, a neve artificial que cai de alguns edifícios e as luzes. Só as árvores do Parque Trianon ganharam 1,5 milhão de lâmpadas.

 

8 - Sem muvuca. No litoral norte de SP há 40 praias acessíveis só a pé, que oferecem tranquilidade para quem quer fugir da confusão. Uma delas é a Praia de Calhetas, em São Sebastião, cujo acesso se dá pelo km 144 da Rodovia Rio-Santos.

9 - Agito em alto-mar. Ubatuba, no litoral norte, terá uma grande mudança na paisagem. Os frequentadores devem se acostumar com o aumento do trânsito de navios por lá. Entre todos os destinos nacionais, é a praia que registra o maior crescimento de cruzeiros. No ano passado, recebeu 10.331 turistas no verão. Nesta temporada, 72.497 pessoas devem chegar de navio à praia do litoral norte.

10 - Festa ao ar livre. As melhores são as que acontecem na hora em que o sol está se pondo, de preferência no litoral. Também chamadas de sunset parties, já são um clássico do verão - e a cada temporada surgem em novas praias. No Guarujá, a "sucursal" do Cafe de La Musique está inaugurando uma. Em Búzios, no Rio, o Insólito Boutique Hotel recebe na areia para o que eles batizaram de Ibiza Essentials. Em São Paulo, que não tem praia, o terraço para fumantes da nova versão da D-Edge, na Barra Funda, virou atração para o baladeiro que não faz questão de ficar enfurnado na pista a noite inteira.

SERVIÇO:

 

Mil Frutas

Shopping Cidade Jardim - Av. Magalhães de Castro, 12000, Cidade Jardim, (11) 3552-5900

Diletto

Emporio Santa Maria, Av. Cidade Jardim, 790, tel.: (11) 2102- 7770 ou wwww.gelatodeletto.com.br

Lola Bistrot

Rua Purpurina, 38, Vila Madalena, tel.: (11) 3812-3009

La Mar Cevicheria

Rua Tabapuã, 1410, Itaim Bibi, tel.: (11) 3073-1213

Kebab Salonu

Rua Augusta, 1416, Consolação, tel. : (11) 32830890

Lorena 1989

Alameda Lorena, 1989, Jardins , (11) 3081.2966

Sesc Belenzinho

R. Padre Adelino, 1000, Belém, tel. (11) 2607-8000

Hotel Renaissance

Alameda Santos, 2233, Jardins, tel.: (11) 3069-2233

Reebok Club

Rua das Olimpíadas, 205, Vila Olímpia, tel.: (11) 3847-7878

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.