Andre Lucas/Estadão
Andre Lucas/Estadão

Artista francês e voluntários criam réplica da Catedral da Sé em papelão

Quando concluída, obra terá 24 metros e quase uma tonelada; montagem coletiva ocorre no centro da cidade de São Paulo

O Estado de S.Paulo

27 de outubro de 2018 | 18h36

SÃO PAULO - O artista francês Olivier Grossetête e dezenas de voluntários participam neste sábado, 27, da construção coletiva de uma réplica de papelão da Catedral da Sé, com 24 metros de altura. A performance "Arquitetura Efêmera" ocorre no Sesc Parque D. Pedro II, centro da cidade de São Paulo, desde o período da manhã.

Cerca de mil caixas de papelão e fita adesiva são utilizadas na construção da réplica. Quando pronta, ela pesará cerca de uma tonelada. Assim como a montagem, a desconstrução também ocorrerá de forma coletiva e com a participação de Grossetête. Ela está marcada para o dia 4 de novembro, domingo, a partir das 16 horas. 

Desde 2003, o artista realizou a performance "Arquitetura Efêmera" mais de 200 vezes, passando por países como México, China, Austrália, Marrocos e Estados Unidos, dentre outros. A cada edição, uma obra arquitetônica local é escolhida para ser replicada, sempre com caixas de papelão, fita adesiva e dezenas de voluntários.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.