Artefato é atirado em casa de GCM

Um suposto artefato explosivo foi atirado na tarde de ontem no telhado da casa de um guarda civil municipal no bairro São Judas, em Taboão da Serra, na Grande São Paulo. Até o início da noite, o Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) cercava o local. Uma vizinha afirmou ao Estado que seriam duas bananas de dinamite. A PM não confirmou.

O Estado de S.Paulo

30 de junho de 2012 | 03h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.