Arquiteto reage a assalto em Ipanema e morre

O arquiteto Rômulo Castro foi assassinado em uma tentativa de assalto, por volta das 11h30 de ontem, em Ipanema, zona sul do Rio. O crime aconteceu quando Castro chegava ao prédio onde morava com uma Hyundai Tucson. Dois homens tentaram arrancar seu relógio. Castro teria reagido e acabou baleado na barriga. Ainda foi levado para o Hospital Miguel Couto, no Leblon, onde morreu.

, O Estado de S.Paulo

04 de setembro de 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.