Armas e munições são apreendidas em bingo lacrado em SP

Segurança do local achou armamento em armário e avisou a polícia; há munição de uso exclusivo do exército

23 de novembro de 2007 | 06h16

A polícia apreendeu munição, algumas de uso exclusivo das Forças Armadas, e várias armas por volta das 2h15 desta sexta-feira, 23, no interior do Bingo Cruzeiro do Sul, na zona norta da capital paulista. Localizada na altura do nº 3.108 da Avenida Cruzeiro do Sul, no bairro de Santana, ao lado do terminal rodoviário do Tietê, a casa de jogos foi fechada em definitivo pela Prefeitura em julho deste ano. Nesta madrugada, o segurança que toma conta do estabelecimento, ao abrir um dos compartimentos de um armário que era utilizado pelos funcionários, encontrou nele duas pistolas calibre 380, um revólver calibre 38, outro calibre 32, uma granada de ferro, um sinalizador de luz e som e um explosivo de gás lacrimogêneo. Havia também munições de pistolas, revólveres, carabinas, espingardas e fuzis, de calibres diversos, como 7.62, 380, 7 e 9 milímetros, .40, 357, 32, 22, 12 e 20. Policiais militares foram acionados pelo segurança e encaminharam o armamento e as munições ao plantão do 09º Distrito Policial, no Carandiru. A polícia agora vai investigar a origem e tentar descobrir o dono do material.

Tudo o que sabemos sobre:
armasbingoarmamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.