Argentino é recolhido de cracolândia no Rio

Um argentino, que seria morador de rua do Rio há mais de 20 anos, foi recolhido na manhã de ontem durante operação da Secretaria Municipal de Assistência Social de retirada de usuários de crack das ruas. Realizada no Catete, Glória, Largo do Machado e Flamengo, na zona sul, a ação recolheu 59 adultos e 14 crianças e adolescentes. O homem, que se identificou como Nestor, não tinha documento e foi levado à Polícia Federal. Esta foi a oitava ação após protocolo que prevê internação compulsória de menores dependentes.

, O Estado de S.Paulo

07 Julho 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.