Área segue interditada após queda de forro do teto em Viracopos

Chuva provocou incidente e fechou aeroporto ontem à noite; Infraero diz que trecho será liberado ainda hoje

Marília Lopes, Central de Notícias

18 Fevereiro 2011 | 11h45

SÃO PAULO - Parte do saguão do Aeroporto de Viracopos, em Campinas, no interior de São Paulo, continua interditada para obras de reparo, após a queda de parte do forro do teto, provocado pela forte chuva que caiu na região do terminal aéreo. Segundo a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), a expectativa é que a área seja liberada ainda nesta sexta-feira, 18.

 

Um trecho de 7x7 metros está isolada desde ontem à noite depois do incidente próximo aos sanitários, entre a área de embarque e desembarque e dentro da delegacia da Polícia Civil. De acordo com a Infraero, o local já passou por reparos e o gesso está sendo recolocado.

 

 

A forte chuva que atingiu Campinas causou o fechamento do aeroporto entre as 20h e 21h. Na área interna, o piso ficou alagado na área de alimentação e as escadas rolantes e os letreiros eletrônicos, que informam os horários de dos voos, pararam de funcionar. A chuva causou um cancelamento e atraso em oito voos.

 

Apesar da interdição da área, a Infraero informou que o aeroporto funciona normalmente hoje. De acordo com o balanço da empresa, até as 11 horas, Viracopos tinha 11,9% de voos atrasados e 9,5% de cancelamentos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.