Área do S. Vito vira bolsão de Zona Azul

O terreno onde ficavam os Edifícios São Vito e Mercúrio, ao lado do Mercado Municipal, na região central, não será mais utilizado como estacionamento ilegal. A Prefeitura transformou a área em um bolsão de Zona Azul, com capacidade para 300 veículos. Neste fim de semana, o bolsão já funcionou.

O Estado de S.Paulo

01 Outubro 2012 | 03h01

Em agosto, o Estado revelou que flanelinhas haviam ocupado a região e cobravam R$10 para estacionar ali. Sem serem incomodados por fiscais da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), davam até tíquetes para os motoristas. Na época, a Prefeitura afirmou que o terreno havia sido cedido ao Sesc e cabia à instituição cuidar de sua preservação.

Neste fim de semana, porém, o prefeito Gilberto Kassab afirmou que houve um acordo para que a Prefeitura utilizasse o local, enquanto as obras do Sesc não se iniciam. "O terreno já foi recuperado, a proposta já foi encaminhada para a Câmara e vamos fazer a transferência do terreno para o Sesc. Acredito que em cinco meses o projeto estará liberado", disse.

No total, serão 271 novas vagas para automóveis, sendo 15 para idosos e 6 para pessoas com deficiência. Além disso, há oito vagas para ônibus fretados. /JULIANA DEODORO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.