Arte Estado
Arte Estado

Aprovado por 85%, ar em ônibus deve atingir toda a frota em 2017

Pesquisa divulgada pela SPTrans mostra que 6,5% dos passageiros esperam mais no ponto até passar um ônibus com a comodidade

Caio do Valle, O Estado de S. Paulo

30 Janeiro 2015 | 13h07

SÃO PAULO - Pesquisa da São Paulo Transporte (SPTrans) divulgada nesta sexta-feira, 30, mostra que 85,3% dos passageiros das linhas de ônibus que receberam ar-condicionado na capital paulista aprovam a refrigeração. O balanço foi revelado no mesmo momento em que o secretário municipal de Transportes, Jilmar Tatto, anunciou a previsão de que todos ônibus da frota da cidade tenham ar-condicionado até 2017.

"O desejo da Prefeitura é que nos próximos dois anos você tenha toda a frota com ar-condicionado", afirmou o dirigente em entrevista coletiva. Uma portaria da Prefeitura publicada na última semana determina a instalação de ar-condicionado em todos os ônibus, mas não dava prazo. Tatto, no entanto, explica que questões produtivas, como a grande e repentina demanda por aparelhos de refrigeração, podem adiar esse cronograma. Hoje, apenas 60 veículos estão equipados, de uma frota de cerca de 15 mil.

O secretário disse ainda que há cerca de uma década a aceitação de ar-condicionado nos ônibus foi muito menor, mas que agora esse item passou a ser desejado. 

Ao todo, 400 pessoas foram ouvidas para o levantamento nos dias 12, 14, 15, 16, 19 e 20 de janeiro. Elas usam as linhas 875P-10 (Terminal Campo Limpo-Paraíso), 809P-10 (Terminal Campo Limpo-Terminal Pinheiros), 5111-10 (Terminal Parque Dom Pedro II-Terminal Santo Amaro) e 5105-10 (Terminal Sacomã-Terminal Mercado). Parte dos ônibus desses itinerários foi a primeira do município a receber os aparelhos de ar, no ano passado.

O estudo indica que a preferência por coletivos com ar refrigerado é tanta que 36,5% dos entrevistados disseram esperar mais tempo no ponto até passar um ônibus equipado com a comodidade.

As mulheres representam 52,8% dos passageiros pesquisados. Além disso, 57,8% dessas pessoas têm entre 16 e 35 anos de idade. A maioria (70%) utiliza ônibus ao menos cinco vezes por semana.

Mais conteúdo sobre:
ônibus mobilidade ar condicionado

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.