Apresentador Gugu Liberato sofre tentativa de extorsão

Quadrilha pede dinheiro para não divulgar informações pessoais

12 de abril de 2013 | 08h46

O apresentador Augusto Liberato está sendo chantageado por uma quadrilha que ameaça divulgar informações comprometedoras sobre seu trabalho e sua família. O grupo pede dinheiro para não divulgar os dados, que, segundo os advogados do apresentador, são falsos. Gugu contratou o escritório do criminalista Miguel Reale Jr., professor titular da Faculdade de Direito da USP, para denunciar a tentativa de extorsão. 

Em nota, a assessoria de imprensa do escritório explicou que já foi pedida a abertura de um inquérito no Ministério Público contra o grupo. Também foi feita uma representação na OAB-SP contra dois advogados que supostamente fazem parte da quadrilha.

Segundo a defesa de Gugu, o bando “se dispõe a procurar jornalistas que, iludidos, poderão acabar contribuindo com a consecução de um crime”.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.