Aprendeu a atirar e dirigir

Um vídeo de 36 horas ininterruptas, gravado por uma câmera de segurança de um edifício na frente do local onde o veículo da mãe do estudante Marcelo Pesseghini ficou estacionado, mostra o garoto de 13 anos saindo sozinho do carro perto de seu colégio, no dia em que foram assassinados quatro integrantes da sua família, na Brasilândia.

O Estado de S.Paulo

06 Setembro 2013 | 02h00

A investigação ainda aponta que ele teria matado a família na noite do dia 5 ou no início da madrugada do dia 6 de agosto, dirigido o carro da mãe de madrugada até o colégio em que estudava e assistido à aula. Em seguida, voltou de carona com o pai de um amigo e se matou.

Quanto às dúvidas em relação às habilidades do adolescente, a polícia afirma que a mãe foi quem ensinou o filho a dirigir e o pai, teria dado aulas de tiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.