Aposentado é morto na frente da mulher por ladrões que queriam roubar seu carro

SÃO CAETANO DO SUL

, O Estado de S.Paulo

18 de agosto de 2010 | 00h00

O aposentado Fernando Carvalho Cela, de 80 anos, foi assassinado na noite de anteontem quando estacionava o carro na garagem de casa, em São Caetano do Sul, no ABC paulista. Cela voltava de uma festa quando foi abordado por dois homens armados que tentaram roubar seu carro, um Astra 2004. A polícia suspeita que o aposentado, com problemas de audição, tenha se assustado com o assalto. Os assaltantes fugiram em uma Courrier em direção a São Paulo. Trocaram tiros com policiais, mas conseguiram fugir. O 1.º Distrito Policial de São Caetano do Sul está investigando o caso e já tem uma lista de suspeitos. É o segundo latrocínio do ano naquela cidade. O crime aconteceu às 23h15 e foi presenciado pela mulher de Cela, Maria Aparecida Gurjão, que estava sentada no banco do passageiro. "Eles não tiveram nem tempo de se defender", afirma um dos filhos do casal, Fernando Cela Neto. "Um lugar onde acontece um crime bárbaro desses não é um país decente", desabafou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.