Aposentado baleado na cabeça em banco continua em estado grave

Vítima está em coma induzido; ele foi atingido por um disparo feito pelo segurança do local durante discussão

Solange Spigliatti, do estadão.com.br

07 de maio de 2010 | 11h06

Continua em estado grave o aposentado, de 47 anos, que foi baleado na cabeça nesta quinta-feira, 6, após discussão com um vigia de uma agência bancária, na zona leste de São Paulo.

 

No final da noite de ontem, Domingos da Conceição dos Santos passou por uma cirurgia e permanece internado na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital São Camilo, no Ipiranga, na zona sul da cidade.

 

Segundo boletim do hospital, Domingos, que teve extensa lesão encefálica, está em coma induzido, mantendo sinais vitais com drogas vasoativas e seguindo investigação neurológica.

 

Dois clientes do Banco Bradesco foram baleados por um segurança da agência São Miguel Paulista/USP. Domingos foi barrado na porta giratória. Apesar de apresentar comprovante de que possui um marca-passo, o segurança não destravou a porta, dando início a uma discussão.

 

O vigia atirou contra o aposentado. O tiro atravessou a cabeça de Domingos e atingiu de raspão o rosto de um cozinheiro, de 22. O segurança Pedro Gonçalves de Almeida, de 37, foi preso em flagrante e indiciado por dupla tentativa de homicídio.

Tudo o que sabemos sobre:
zona lesteBradescovigiaaposentado

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.