Após xingar agentes, homem leva 3 multas

Motoqueiro foi pego por excesso de velocidade e voltou com placa coberta para provocar fiscais, mas foi identificado

LUCAS AZEVEDO, ESPECIAL PARA O ESTADO , PORTO ALEGRE, O Estado de S.Paulo

16 Abril 2012 | 03h06

Inconformado após receber uma multa por excesso de velocidade, um motoqueiro voltou ao local onde estavam os agentes de trânsito (novamente acima do limite permitido) para fazer chacota. Porém, levou mais duas multas. O flagrante triplo foi na sexta-feira, na Avenida Aparício Borges, em Porto Alegre.

Após ser flagrado por um radar móvel a 88 km/h na via em que o limite é 60 km/h, o motociclista, cuja identidade não foi divulgada, voltou ao local, dessa vez a 81 km/h. Com a placa traseira coberta com uma sacola plástica, ele acreditou que poderia insultar os agentes da EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação) sem ser identificado. Entretanto, os fiscais reconheceram a adesivagem da moto, a roupa e o capacete. Agora, o motoqueiro terá de pagar duas multas por excesso de velocidade e uma por placa ilegível: R$ 362,10 e 15 pontos na carteira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.