Após uma hora, zonas oeste e norte de SP deixam estado de atenção

Áreas de instabilidade começam a perder força, mas ainda chove leve em alguns pontos da cidade

estadão.com.br,

05 de janeiro de 2012 | 18h46

SÃO PAULO - As zonas norte e oeste da capital paulista e a Marginal do Tietê voltaram para o estado de observação às 19h25 desta quinta-feira, 5. Uma hora antes, as áreas haviam estrado em atenção por causa das pancadas de chuva.

As áreas de instabilidade que atingiram a capital começam a perder força. Neste momento, chove leve nas zonas norte, centro, oeste, Marginal do Tietê, e partes das zonas leste e sul.

Para as próximas horas ainda pode voltar a chover, porém de forma menos intensa em função das instabilidades que ainda se encontram no interior do Estado de São Paulo, e que migram lentamente em direção a faixa leste paulista.

A sexta-feira, 6, deve ter temperaturas elevadas na Grande São Paulo. Entre o fim da tarde e o início da noite a entrada da brisa marítima favorece a formação de áreas de instabilidade que provocam pancadas de chuva acompanhadas de trovoadas. Em alguns bairros e cidades vizinhas da capital paulista a probabilidade de chuva forte e grande, o que favorece a formação de alagamentos. As temperaturas variam entre mínimas de 17ºC e máximas que novamente atingem os 30ºC.

O texto foi atualizado às 19h58.

Tudo o que sabemos sobre:
chuvaSão PauloCGE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.