Eduardo Migliato - Futura Press/Estadão Conteúdo
Eduardo Migliato - Futura Press/Estadão Conteúdo

Após temporal, São Carlos decreta estado de emergência

Chuva de duas horas e meia na terça deixou casas e ruas inundadas e carros foram arrastados

Ricardo Brandt, O Estado de S. Paulo

23 de outubro de 2013 | 12h33

CAMPINAS - A Prefeitura de São Carlos, no interior de São Paulo, decretou estado de emergência nesta quarta-feira, 23, após os estragos provocados pelo temporal que atingiu a cidade na tarde de terça-feira. Casas foram inundadas, carros foram arrastados e ruas, tomadas pelas águas. A tempestade durou aproximadamente duas horas e meia.

Segundo a Defesa Civil local, choveu 105 milímetros, quantidade prevista para todo o mês de dezembro. O coordenador da Defesa Civil, Pedro Caballero, avaliou em R$ 2,5 milhões os prejuízos provocados pelo temporal. Ninguém ficou ferido.

Além da região central, outros quatro bairros sofreram estragos com a chuva. Segundo a Defesa Civil, pelo menos 40 casas ficaram alagadas e dezenas de veículos foram arrastados. O Corpo de Bombeiros também contabilizou cinco quedas de árvores, uma queda de muro e um carro arrastado para um córrego.

Notícias relacionadas
    Tudo o que sabemos sobre:
    ChuvaSão Carlos

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.