Após roubo, soldado do Exército é detido em Itapevi

Jovem mantinha armas irregulares no quartel; ele roubou um carro e fez o motorista refém

Camila Alves, do estadão.com.br,

17 de setembro de 2008 | 03h33

Um soldado do Exército foi preso em Itapevi após fugir do quartel e cometer um roubo e um seqüestro nesta terça-feira, 16. Segundo a polícia, ele mantinha duas armas irregulares no quartel e por isso fugiu. Segundo informações da polícia, o soldado Damiro de Oliveira, 19 anos, mantinha duas armas irregulares, uma pistola 765 e um revólver calibre 38, no armário do quartel. Com medo de uma possível revista, ele tentou fugir levando-as embora. O soldado foi abordado ainda na saída do local e trocou tiros com outro soldado. Na rua do quartel, roubou um carro Ford Fusion e seguiu até Itapevi, onde mora, com o motorista dentro do veículo. Uma testemunha acionou a polícia e houve uma perseguição, que durou cerca de 40 minutos. O carro foi interceptado e os policiais encontraram a bolsa com as armas. Oliveira será indiciado por seqüestro e cárcere privado, posse e porte ilegal de armas de uso restrito, disparo de arma de fogo, dano e constrangimento ilegal.

Tudo o que sabemos sobre:
Itapeviseqüestroroubo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.