Após recorde, marginais concentram pontos de lentidão

Às 9 horas desta terça-feira, a CET registrava 186 quilômetros de congestionamento nas vias da cidade

Solange Spigliatti, estadao.com.br

11 de março de 2008 | 12h04

O tráfego de veículos continuava complicado na Marginal do Tietê, no fim da manhã desta terça-feira, 11, após o recorde de congestionamento batido às 9 horas, com o registro de 186 quilômetros de lentidão em toda a cidade. As duas pistas que seguem em direção à rodovia Castelo Branco estavam com trânsito parado em quase 11 quilômetros, no trecho entre as pontes da Casa Verde e Aricanduva. Veja também: Acompanhe a situação do trânsito em SP agoraPesquisadores mostram como se forma o trânsito  Para especialistas, caminhões 'dão nó' nas ruasO trânsito, para você, tem piorado? Opine  No outro, a morosidade era de um pouco mais de seis quilômetros, na pista expressa, indo da ponte do Limão até a ponte da rodovia dos Bandeirantes. Às 11h47, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) registrava 83 quilômetros de ruas e avenidas com trânsito lento. O congestionamento recorde deste ano em São Paulo, que chegou à marca de 186 quilômetros, às 9 horas, segundo boletim da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), chegou bem próximo ao recorde histórico para o período da manhã registrado pela empresa. De acordo com a CET, o maior congestionamento já medido chegou a 191 quilômetros, no dia 11 de abril de 2004, no período das 9h30. Não há informações sobre o motivo para o alto índice de engarrafamentos, que atingiu principalmente as Marginais do Tietê e do Pinheiros.  Já na parte da tarde, o maior índice alcançado foi de 242 quilômetros, no dia 28 de junho de 1996, quando a cidade enfrentava chuvas e o início das férias escolares, segundo a CET. Neste ano, a maior lentidão chegou a 208 km, às 19 horas do dia 29 de fevereiro.  Durante 2008, a série de recordes começou no dia 26 de fevereiro, quando às 9 horas, foram registrados 141 km. No dia 29, foram 146 km às 9h30. No dia 3 de março, a CET marcou 149 km de vias com lentidão.  Com a ajuda de um blecaute, que desligou semáforos em 24 bairros da capital e da Grande São Paulo, a cidade teve 155 km de trânsito parado às 9h30. Na quinta-feira, dia 6, às 9h o engarrafamento chegou a 165 km de lentidão.  Dois recordes em um só dia O índice de congestionamento em São Paulo na manhã desta terça-feira bateu dois recordes consecutivos. Às 8h30, o índice havia atingido 183 quilômetros, até então a maior marca do ano. A chuva, alguns acidentes e o excesso de veículos, segundo a CET, foram os causadores do alto índice de lentidão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.